Brasil

Homem é preso em flagrante após matar e arrancar coração de travesti

Um homem de 20 anos foi preso em flagrante nesta segunda-feira, 21, em Campinas, São Paulo, após confessar ter matado e arrancado o coração de uma travesti em um bar na periferia da cidade. O caso foi registrado como homicídio e furto na 2ª Delegacia Seccional de Campinas.

De acordo com policiais do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), o autor afirmou ter tido relações sexuais com a vítima antes do crime. O corpo, segundo o Baep, foi encontrado sem o coração e com a imagem de uma santa em cima. Na residência do homem apontado como autor do crime, os policias encontraram o coração da vítima, revela o MSN.

De acordo com o boletim da Polícia Civil de São Paulo, policiais militares em patrulhamento perceberam um comportamento suspeito por parte do autor quando ele viu uma viatura na rua e, ao ser questionado, confessou o assassinato e indicou um bar em que o corpo da vítima estava. Ele também relatou à polícia ter furtado diversos objetos da vítima.

Após sair da delegacia, o suspeito confessou o crime em declarações desconexas. “Ele era um demônio. Eu arranquei o coração dele. É isso. Não era meu conhecido. Conheci ele à meia-noite. Quando bateu meia-noite, 4h32, 5 horas da manhã: aí começou os detalhes. Não foi o que motivou, foi o que ele fez. Ele fez tudo, ele fez a droga, o celular, a câmera. Quem fez vocês foi Deus.”

22/01/2019

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar