Felipão passa mal durante entrevista em empate do Palmeiras

O técnico Luiz Felipe Scolari não conseguiu completar sua entrevista após o empate por 1 a 1 contra o Red Bull, registrado na noite deste domingo, pelo Campeonato Paulista. Com cólica intestinal, o treinador do Palmeiras precisou encerrar a coletiva precocemente no Estádio Moisés Lucarelli.

A entrevista de Felipão durou menos de quatro minutos. No momento em que falava sobre a permanência de Dudu, ele interrompeu o diálogo com os jornalistas. “Se é para ir para a China, tem que saber para que time vai… Desculpe. Não posso mais. Desculpe”, disse o técnico, que deixou o recinto com a mão no abdome.

De acordo com a assessoria de imprensa do Palmeiras, Felipão precisou encerrar a entrevista em Campinas por conta de uma cólica intestinal. O treinador já não se sentia bem no início da coletiva e tentou seguir até o final, mas não conseguiu, informa o Terra.

Durante o rápido diálogo com a imprensa, Felipão falou brevemente sobre a primeira partida do Palmeiras na temporada. O time alviverde chegou a sair na frente com um gol de cabeça marcado por Miguel Borja, mas Jobson empatou para o Red Bull ainda na etapa inicial.

“Dentro do que eu esperava, sem problemas”, disse Felipão, sucinto. “A gente sabia que seria assim mais ou menos. Não tem muito a cobrar, não”, acrescentou o comandante palmeirense, já sentindo algum desconforto pela cólica intestinal.

Integrante do Grupo B do Campeonato Paulista, o Palmeiras marca seu primeiro ponto e iguala o São Bento, que também estreou com empate, contra o Botafogo-SP. Pela segunda rodada, às 21 horas (de Brasília) desta quarta-feira, o time alviverde enfrenta o Botafogo-SP, no Allianz Parque.

21/01/2019