Conheça o calendário de festas de 2016 de Maceió

Capital alagoana consolida calendário cultural

csm_150124_Maceio-200-anos_-0237_143b14051c

O ano novo chegou e com ele aquele clima de esperança e fé. Essa atmosfera de começo de ano, de recomeço, abre portas para os sonhos, sejam eles novos ou aqueles guardados nas gavetas que compõem nosso armário de memórias. Numa cidade banhada por um mar verde, cantado em verso e prosa por tantos poetas, e carregada de dias coloridos pelas cores de gente, fitas e folguedos, os sonhos se materializam muitas vezes em ações, movimentos que dão forma e vida a cultura que faz de nós o que somos, maceioenses da terra das lagoas.

Sonho antigo da nossa gente que vive a cultura e representa os saberes mais tradicionais, busca incansável dos artistas contemporâneos mais atrevidos e não menos importantes. E por que não lembrar do público? A plateia que alimenta o artista pode ser daqui, mas também pode vir de longe em busca desse jeito de ser e de viver típico dessa terra alagoana.

Seja da capital ou do interior de Alagoas, seja de norte ou sul do Brasil, o público quer espetáculo, quer se ver e reconhecer, descobrir e desbravar o novo que se apresenta. Para atender a tão diferentes e semelhantes anseios, a Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) consolida em 2016 um calendário cultural construído juntamente com os fazedores de cultura de Maceió agregando às efemérides nacionais os eventos típicos da capital.

“Um calendário cultural definido carrega de novos valores o dia a dia de quem mora e de quem visita um lugar”, diz o presidente da Fundação, Vinicius Palmeira.

O presidente explica que consolidar uma agenda cultural para uma cidade é muito mais que incentivar a economia da cultura, é criar novas possibilidades para o turismo e novas motivações para o sentimento de pertencimento necessário a cidadania de um povo.

Exemplos não faltam: “Basta observar a cidade cada vez mais repleta de turistas no nosso Maceió Verão, que chega ao seu terceiro ano consecutivo; ou a euforia que sai dos bairros junto com as torcidas dos bois para reverberar na arena do Festival de Bumba Meu Boi”.

Ações consolidadas

Após três anos da adoção de uma nova política cultural pela Prefeitura de Maceió, a FMAC consolida um calendário cultural permanente para a cidade. Conheça cada um dos eventos:

Janeiro

Maceió Verão
Reúne, na orla de Pajuçara, durante os finais de semana o melhor da música contemporânea brasileira em shows gratuitos. Com apresentação de artistas locais e grupos de renome nacional.

Giro dos Folguedos
O projeto Giro dos Folguedos tem como principal objetivo divulgar e incentivar a cultura popular de Maceió. A ação consiste em promover exibições de folguedos e outros grupos típicos da cultura popular maceioense e alagoana em mini palcos dispostos ao longo do calçadão da Ponta Verde e/ou Pajuçara.

Fevereiro

Xangô Rezado Alto
O projeto Xangô Rezado Alto reúne representantes de comunidades tradicionais e grupos de matriz africana em um grande cortejo que percorre as ruas do Centro de Maceió, e culmina numa série de apresentações culturais. A ação acontece em memória do episódio histórico que ficou conhecido como ‘Quebra de Xangô’, ocorrido em Maceió no ano de 1922.

Carnaval
Festa popular.

Abril

Festival de Bumba Meu Boi
O Festival reúne grupos de bumba meu boi vindos de todas as partes da cidade para uma grande mostra competitiva em arena montada na Praça de Multieventos, na Pajuçara. Os grupos são divididos nas modalidades A (grupo especial) e B (grupo de acesso).

Junho

Festejos Juninos
Reúne dezenas de artistas locais e diversas atrações de renome nacional para comemorar a festa mais popular do Nordeste. Os festejos juninos aconteceram de forma descentralizada com programação espalhada por toda cidade: Arraial Central, no Jaraguá; Forrock, também no Jaraguá; Forró nos Mercados, em cincos mercados públicos; e Arraiais espalhados por vários bairros.

Agosto

Mês das Tradições Populares
O projeto Giro de Folguedos volta a entrar em cena divulgando e incentivando a cultura popular de Maceió. A ação consiste em promover exibições de folguedos e outros grupos típicos da cultura popular maceioense e alagoana em mini palcos dispostos ao longo de uma rua, praça ou calçadão.

Novembro

Saurê Palmares
Celebra a cultura afro-brasileira no mês em que se comemora do Dia da Consciência Negra. Com atividades artísticas e culturais como, dança, música, capoeira, exposições, artesanato e comidas típicas, onde frequentadores e trabalhadores puderam conferir a beleza de grupos populares com temática afro-brasileira. A ação colabora para o fortalecimento do segmento da cultura afro-brasileira por meio do reconhecimento, valorização e divulgação da cultura das comunidades tradicionais de matriz africana e do combate ao racismo.

Dezembro

Aniversário da Cidade

Festejos Natalinos

Réveillon

Ascom FMAC