Demi Lovato é acusada de assédio e se desculpa na web

Demi Lovato foi acusada de assédio sexual, no último domingo (3). Tudo aconteceu após a artista contar a história de quando contratou uma prostituta para fazer uma ‘brincadeira’ com um de seus seguranças. A situação foi entendida como abuso por seus fãs, revela o MSN.

“Eu contratei uma mulher da noite em Las Vegas [nos Estados Unidos] e mandei para o quarto de hotel do Max para fazer uma surpresa para ele. Ela entrou no quarto, sem permissão, e o pegou em sua ‘área’. Ele ficou doido”, relatou a cantora no Twitter.

Em seguida, parte dos internautas se mostraram contra a atitude da cantora. “Por que ela pensa que assédio é uma pegadinha engraçada?”, questionou uma usuária da plataforma. “Aceite que está errada e peça desculpas”, disse outra. Já uma terceira ressaltou: “As pessoas têm o direito de se sentirem ofendidas”.

Apesar de ter se desculpado, a famosa não gostou das críticas: “De todas as pessoas, eu sei o que é abuso sexual. Vocês não precisam me educar sobre isso”.

Por fim, completou: “Me desculpem caso alguém tenha se sentido ofendido”.

O tweet em questão, vale ressaltar, foi deletado após os ataques que Lovato sofreu.

05/06/2018